Usando o G-MoN para verificação de Redes 2G 3G UMTS 4G LTE e Wi-Fi (WarDriving – Field Test – Site Survey)

terça-feira, 16 de julho de 2013 08:27:00 Categories: Ferramentas Redes 2G-3G-4G Wi-Fi
Rate this Content 1 Votes

Quando você pensa em um um pintor, qual é a primeira ferramenta que vem à sua cabeça? Provavelmente você pensou numa lata de tinta ou um pincel, não é mesmo? E quando falamos de um marceneiro, do que você se lembra? Agora provavelmente deve ter pensado num martelo ou serrote.

Isso é normal, porque todas as profissões tem as suas ‘ferramentas’ normalmente associadas. Mas  quando falamos de um profissional de Telecomunicações? Aí fica mais difícil não é mesmo?

 

 

Pois essa é uma resposta que atualmente está mais fácil. Hoje em dia, quando o assunto é Telecomunicações, não é raro perceber uma ferramenta cada vez mais utilizada por todos: o G-MoN!

O G-MoN é um aplicativo Android que já faz parte da vida de muitas pessoas envolvidas com redes wireless, e se você pertence a esse mundo, provavelmente vai fazer parte da sua também!

Desde aplicações mais simples, como verificar o nível de intensidade de sinal em uma rede Wi-Fi, até  análises e estatísticas mais completas em uma Rede 2G/3G/4G, o G-MoN proporciona uma experiência surpreendente ao usuário.

 

Vamos então hoje apresentar algumas dicas de como como baixar, instalar e usar o G-MoN.

 

Objetivo

Apresentar o aplicativo G-MoN, um aplicativo de rede wireless muito útil para verificações como ‘WarDriving’, ‘FieldTest’ ou ‘Site Survey’.

Nota: já falamos sobre ‘Field Test’ neste tutorial, e sobre ‘Site Survey’ neste outro tutorial. Falta apenas entendermos o que é ‘WarDriving’.

De forma simples, ‘WarDriving’ é a atividade de coletar dados em movimento, mapeando informações das redes Wi-Fi disponíveis, utilizando para isso um dispositivo que tenha essa capacidade, como um PDA ou SmartPhone.

O G-MoN atende tanto as necessidades de ‘WarDriving’ (Wi-Fi) quanto de ‘Site Survey’ e ‘Field Test’ (redes wireless).

 

O Aplicativo G-MoN

O G-MoN é um aplicativo desenvolvido para dispositivos que com o sistema operacional Android (normalmente instalado em SmartPhones). E está disponível para download gratuito no Google Play – que pode ser acessado por esses mesmos dispositivos.

Ou seja, para usá-lo o único requisito é que você tenha um desses aparelhos, como um SmartPhone Android.

 

Instalando o G-MoN

Assim, o primeiro passo é acessar o Google Play (1), e fazer uma busca por ‘G-MoN’.

 

Baixe e Instale o programa. Após a instalação, surge o ícone para abrir o mesmo.

 

Nota: Quando você abre o programa, ele faz uma verificação de algumas configurações básicas, para que todas as funcionalidades possam ser usadas. Por exemplo, se o GPS está ligado, a fim de permitir identificar a localização em um mapa do Google Maps das informações da rede monitorada. De qualquer forma, a configuração é uma escolha do usuário – o programa não faz alterações sem solicitar.

 

Janelas (Telas Principais) do Programa

Quando o programa é executado, após alguns possíveis ajustes como Ligar/Desligar GPS, temos acesso a 4 guias (ou telas) principais.

Por padrão, o G-MoN inicia na segunda guia ‘WLAN’. (Vamos ver como alterar isso logo mais).

Nessa tela temos as informações das verificações (varreduras) das redes Wi-Fi disponíveis.

Nota: a utilização do G-MoN vai depender de qual o uso você deseja fazer do mesmo. Por exemplo, se você for usar para verificação das redes Wi-Fi, você já deve estar familiarizado com os termos apresentados. Da mesma forma, se você for usá-lo como Monitor de Drive Test (‘Field Test’), você também já está familiarizado com as grandezas e nomenclaturas medidas (como LAC, CID, RX Level, EcIo, etc...). Por esse motivo, não vamos nos aprofundar nessas explicações, já que o nosso foco hoje é a aplicação.

Na guia ‘WLAN’ temos diversas informações, interessantes tanto para profissionais como até mesmo para leigos ou curiosos.

 

A guia ‘2G/3G/4G’ apresenta as informações de interesse dos envolvidos com as redes wireless (CID, LAC, Rx Level, EcIo, etc...), desde profissionais de RF (Otimização, Projeto) até profissionais de Rede Core.

 

Observação: os valores mostrados nas telas são fictícios, apenas para o propósito de apresentação.

Aqui temos também informações da lista de vizinhos, e para cada um, as medidas de CID/PSC, LAC e RXL.

A guia ‘Cell History’ tem também informações importantes, como as coordenadas (Latitude – ‘LAT’ e Longitude – ‘LON’) Precisão (‘ACC’) e Altitude (‘ALT’). Nesse caso, naturalmente, o GPS deve estar ‘Ligado’.

 

O mais interessante aqui é o que o próprio nome sugere: temos um ‘histórico  de todas as células onde o nosso UE (User Equipment) esteve - com dados de LAC, Tipo da Rede, Informação da Rede e Horário.

Esse tipo de informação é muito útil, por exemplo se você estiver fazendo ajustes de Reseleção de Célula e/ou Handover em sua rede.

Por fim, a guia ‘STATISTICS’, que também com nome sugestivo, apresenta diversas estatíticas.

 

As informações são variadas, como por exemplo para Wi-Fi temos o número de AP’s abertos. Aqui conseguimos verificar também os números do ‘SIM’, ‘IMEI’ e até mesmo o ‘IMSI’ – outra informação importante, utilizada por exemplo em Traces nas ‘RNC’/’BSC’s!

 

Opções

Em qualquer uma das Telas Principais do programa, temos acesso a diversos Menus do G-MoN (a partir do botão ‘Menu’ padrão do Android). (Dependendo do modelo do dispositivo, a apresentação - ou a forma - do Menu pode ser diferente da mostrada a seguir, mas as opções são as mesmas).

 

De forma simples, temos:

(1) Wi-Fi: Abre uma nova janela com um Mapa mostrando as Redes Wi-Fi disponíveis.

(2) Cell: Abre uma nova janela com um Mapa mostrando as Redes 2G/3G/4G disponíveis.

(3) Start Cell Log: Inicia a coleta de dados. Vamos falar mais sobre isso logo mais.

(4) Exit: Sai do programa.

(5) Settings: abre uma nova janela com diversas opções de configuração do programa, desde customização até ajustes técnicos.

(6) More: como o próprio nome sugere, abre ainda mais opções e menus do programa. É aqui por exemplo por onde podemos importar a base de dados de nossa rede wireless!

 

 

Ajuda e Configurações

Novamente com o botão ‘Menu’ padrão do Android, temos ainda a opção de ‘Ajuda’ (que pode estar na opção ‘More’ em alguns modelos).

 

Embora o programa disponha de uma ajuda, vamos fazer aqui uma breve descrição desta e de outras opções e configurações disponíveis, assim você já fica conhecendo quase tudo o que pode fazer com o seu G-MoN!

 

Configurações Gerais

Na primeira opção (‘Configurações - Geral’) temos os ajustes mais comuns que podem ser feitos.

 

  • Settings – General – Startup Tab: permite que você escolha qual a guia será aberta por padrão. Se você trabalha mais com Wi-Fi, a guia ‘WLAN’ deve ser a sua escolha. Se você é mais envolvido com trabalho direto com redes wireless 2G/3G/4G, provavelmente vai preferir escolher esta tela para abrir primeiro.
  • Settings – General – White Theme: por padrão, o fundo de tela é preto. Se você desejar, pode utilizar um fundo Branco.
  • Settings – General – Screen Brightness: ajusta o brilho da tela.
  • Settings – General – GPS: utilizar GPS para um posicionamento mais preciso.
  • Settings – General – Use Wireless Networks: marque essa opção para utilizar redes Wi-Fi e ou Redes Móveis, no caso de não haver GPS disponível.
  • Settings – General – Satellite View: com essa opção selecionada, o mapa passa a ser a vista de satélite (fotos) e não apenas um mapa simples.

 

 

 

Configurações ‘WarDriving’

As opções de ‘WarDriving’ são específicas para esse tipo de utilização.

 

  • Settings – ‘WarDriving’ – Scanning: a principal opção (ligar/desligar) varredura dos sinais Wi-Fi.
    • IMPORTANTE: se você não deseja utilizar a opção de Wi-Fi do G-MoN, aconselhamos deixar essa opção desmarcada, evitando gastos de energia desnecessário.
    • Settings – ‘WarDriving’ – Scan Interval: intervalo para realização das medidas (scanning). Pode ser ASAP (fastest), 2,3,5 ou 10 segundos. Lembre-se que quanto menor o intervalo, mais gastos de energia você terá.
    • Settings – ‘WarDriving’ – Open AP Notification: tocar um som sempre que uma nova AP for encontrada?
    • Settings – ‘WarDriving’ – Sort Order: na tela ‘WLAN’, como devem ser ordenadas (Em ordem crescente - UP, em ordem decrescente - DOWN) as APs encontradas – por RLX, SSID, Canal ou Crypt.
    • Settings – ‘WarDriving’ – Show SSID in MAP: mostrar o SSID no mapa?
    • Settings – ‘WarDriving’ – Export Open APs only: quando for feita a exportação para o Google Earth (KML), informa se devem ser exportadas apenas as APs abertas.
    • Settings – ‘WarDriving’ – Username and Password: configuração de Usuário e Senha do website ‘WarDriving’-forum, caso você deseje participar do mesmo, por exemplo enviando dados.

 

Configurações 2G/3G

Nesse grupo de configurações, temos as opções de ajustes relacionadas a Redes Móveis.

 

  • Settings – 2G/3G – Cellselection Notification: tocar um som quando a célula servidor mudar.
  • Settings – 2G/3G – Show Neighbors in Map: mostrar as células vizinhas - do arquivo clf – no Mapa. Nota: logo mais falaremos sobre o arquivo clf.
  • Settings – 2G/3G – TX Height: quando for utilizado o perfil do terreno no mapa (também veremos mais sobre isso logo mais) essa é a Altura que será considerada como sendo a Altura da Antena de Transmissão da BTS/NodeB. (O valor padrão é 45).
  • Settings – 2G/3G – RXL Log File Type: quando fizermos a coleta de dados, podemos escolher que os mesmos sejam gravados em arquivos do tipo ‘CSV’, ‘KML’ ou ‘Ambos’.
  • Settings – 2G/3G –Log Interval: De quantos em quantos Segundos as medidas devem ser gravadas no Log. (O valor padrão é 1).
  • Settings – 2G/3G –RXL level color group (1 - 4): quando for feita a exportação para o Google Earth, a legenda temática, ou os ranges para as cores pré-definidas (Vermelho, Amarelo, Verde e Azul). Por exemplo, alterando o valor do primeiro grupo para -69, todas as medidas com sinal Maior ou Igual a esse nível serão plotadas com a cor do primeiro grupo (Vermelho).

 

Configurações de Notificações de Voz

Um último grupo interessante de configurações é relacionado a Notificações de Voz. Ou seja, sempre que ocorrer um determinado evento, podemos ter uma notificação (disponível no Idioma Inglês e Alemão).

 

  • Settings – Voice Notifications – Voice Language: a principal opção (ligar/desligar) no caso das notificações de voz. Podemos escolher entre ‘Desabilitado’, ‘Inglês’ ou ‘Alemão’. No primeiro caso, as notificações são desabilitadas para todos os eventos. E para outras duas demais opções, teremos notificação de voz no idioma escolhido.
    • IMPORTANTE: esse é um recurso extremamente interessante, mas que também consome um pouco mais da bateria. Portanto, deve ser usado com moderação, quando for necessário.
    • Settings – Voice Notifications: as notificações de voz podem então ser configuradas para diversos tipos de eventos:
      • ‘Welcome Message’
      • ‘Battery Report’
      • ‘‘WarDriving’ - Open AP’
      • ‘‘WarDriving’ - Report’
      • ‘‘WarDriving’ - Report Interval’
      • ‘2G/3G - Cellselection’
      • ‘2G/3G – Signalstrenght Notification’
      • ‘2G/3G – Upper RXL Limit
      • ‘2G/3G – Lower RLX Limit
      • ‘2G/3G – Network Changes’
      • ‘2G/3G – LAC Changes’

 

Importando Dados da sua Rede para o G-MoN

ATUALIZAÇÃO: Por favor, verifique o novo formato do arquivo CLF em https://sites.google.com/site/clfgmon/

 

Como mencionamos anteriormente, o G-MoN da forma padrão como instalamos já pode ser considerado como uma valiosa ferramenta para quem trabalha com Wi-Fi e/ou redes móveis.

Porém, nós podemos melhor ainda mais essa experiência de usuário, importando – no caso das redes móveis – um arquivo com as informações da nossa rede. Assim, ao invés de informar apenas os números de identificação das células, podemos informar as suas siglas!

Nota: Sem o arquivo com as informações de células carregado, você receberá a mensagem: ‘No cell tower information found! A proper CLF V3 is needed.’.

O procedimento para importação dos dados é bastante simples. Basta seguir a ajuda do programa, e criar um arquivo do tipo CLF V3 com as informações no formato esperado.

Na verdade, esse arquivo ‘clf’ nada mais é do que um arquivo do tipo Texto simples. Ou seja, você pode criar as informações num arquivo do Bloco de Notas do Windows, e depois, simplesmente alterar a extensão de ‘.txt’ para ‘.clf’. O mais importante é apenas que os dados estejam no formato correto, conforme mostrado abaixo, num exemplo retirado da própria ajuda do programa.

 

Cada linha corresponde a uma célula da rede, em um total de 9 campos:

  • 1.field:MCCMNC
  • 2.field: CID decimal
  • 3.field: LAC 5 digits decimal
  • 4.field: RNC decimal (put 0 if you don’t use it)
  • 5.field: LAT coordinate WGS84 decimal degrees with a point
  • 6.field: LON coordinate WGS84 decimal degrees with a point
  • 7.field: POS-RAT precision of the coordinate -1 for exact position
  • 8.field: field description of the cell avoid characters like (“), (;), (,) and (‘).
  • 9.field: field is not defined, but should be always 0. For CDMA/EVDO networks, use basestation ID for for Cell ID and system ID for LAC in the clf. System ID with 5 leading zeros!

Dica: o campo 8, é um campo de descrição livre, onde geralmente é colocada a informação de sigla de cada célula. Entretanto, a dica aqui é colocar mais informações auxiliares.

Assim, quando estiver numa monitoração em campo, temos acesso direto também a essas informações. No exemplo abaixo, que é o que usamos, temos a sigla da BTS/NodeB, seguida de sua BSC/RNC, e também o Azimute (Az), Tilt Elétrico (Te), Tilt Mecânico (Tm) e ainda a Altura (Ht) da célula servidora!

 

De qualquer forma, por ser um campo livre, você pode colocar aqui o que desejar, desde que obedeça aos limites de memória, e também do bom senso (muita informação pode acabar até confundindo).

Para fazer a importação do arquivo, o mesmo deve ter o nome ‘import.clf’. Assim, renomeamos o arquivo que criamos para esse nome, e em seguida, copiamos o mesmo (do nosso micro, para o Cartão SD onde está o diretório ‘gmon’).

Uma forma de se fazer isso é conectar o dispositivo android ao computador usando um cabo USB, e escolher transferência de dados. Abrir este local (1) e navegar até a pasta raiz ‘gmon’ (2).

 

Na pasta local onde você criou o arquivo, copie o mesmo (CTRL + C) (1). E no cartão SD, cole dentro da pasta ‘gmon’ (CTRL + V) (2).

 

Pronto, o primeiro passo (simples) foi feito: o arquivo encontra-se na raíz do diretório onde o G-MoN foi instalado.

O segundo e último passo é também rápido e simples: Abra o G-MoN, e escolha o Menu: ‘Import CLF’.

 

Navegue até a pasta gmon (no cartão SD), e selecione este arquivo. Clique no botão ‘Select’ e pronto. Aguarde o G-MoN fazer as importações necessárias.

 

No final, é apresentada uma mensagem, informando se tivemos algum erro, e quantos registros com erro (caso tenha ocorrido) não foram importados. Se tudo correu bem, ‘Zero’ linhas não devem ter sido importadas devido a algum problema!

 

Parabéns, você está pronto para usar o G-MoN com os dados customizados de sua rede.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Hunter Updater - G-MoN

Você também pode automatizar a geração do arquivo ‘import.clf’.

Por exemplo, com apenas um clique (1), o Módulo ‘Hunter Updater - G-MoN’ acessas as informações de outros módulos (2) com informações da rede (Parâmetros, Azimutes, etc.) e cria o arquivo no formato final (3).

 

E você pode também criar a sua própria macro (utilizando o Excel por exemplo). Ou ainda criar os dados manualmente. Basta seguir o formato padrão.

 

Coletando Dados com o G-MoN

Para fazer a coleta dos dados, em qualquer uma das telas principais, clique no botão Menu do Android e escolha ‘Start Cell Log’.

Quando você faz isso, o ícone do G-MoN fica vermelho, seguido da mensagem: ‘RXL Logging is active! Keep screen on!’. Isso significa que você não deve mudar para outro programa, caso contrário os dados não serão gravados.

Algumas outras mensagens que podem surgir na execução do G-MoN são:

  • ‘G-MoN is running’: o programa está funcionando (rodando) normalmente.
  • ‘G-MoN scanning is active’: o scanner do G-MoN está sendo executado.
  • ‘G-MoN remote service connected’: o serviço do G-MoN está conectado.
  • ‘Loading Database /mnt/sdcar/gmon/gmon_wlan.txt...’: as bases de dados necessárias para o G-MoN rodar estão sendo carregadas.
  • ‘External Storage is not ready’ ou ‘No SD Card found’: há algum problema com o cartão de armazenamento.

Para parar a coleta, selecione ‘Stop Cell Log’.

 

 

Exportando os Dados Coletados (KML, CSV)

Os dados coletados são gravados em arquivos do tipo ‘CSV’, ‘KML’ ou ‘Ambos’, conforme configuramos em ‘Settings – 2G/3G – RXL Log File Type’.

 

E para exportar os dados coletados, na verdade, basta copiar os mesmos, que foram gravados no mesmo diretório ‘gmon’ onde foi instalado o programa.

Os arquivos são gravados através dos Menus ‘Daily WLAN Export’ e ‘WLAN KML Export’ para Wi-Fi, e o Menu ‘’ para redes 2G/3G/4G, e os formatos são os mostrados a seguir.

  • Daily WLAN Export: os dados dos pontos de acesso encontrados do dia são exportados para um arquivo do tipo ‘gmon_wlan_export_YYYY_MM_DD.txt’, formato CSV. Dessa forma, é possível importar esses dados para um banco de dados qualquer (por exemplo o Access) ou até mesmo o Excel, e gerar quaisquer outras estatísticas desejadas.

 

  • WLAN KML Export: os dados das redes Wi-Fi são exportados para um arquivo ‘gmon_wlan_YYYY_MM_DD.kml’. Assim, esse arquivo pode ser aberto pelo Google Earth (ou Google Maps). Nota: ao clicar num AP qualquer, temos informações detalhadas do mesmo.

 

  • Start Cell Log: os dados das redes wireless 2G/3G/4G são exportados para um arquivo ‘gmon_rxl_YYYY_MM_DD.kml’.

 

Dicas de Utilização – Perfil de Terreno

Uma funcionalidade interessante que o G-MoN possui é a de calcular o perfil do terreno, a partir da posição atual do GPS até uma célula vizinha 2G/3G mostrada no mapa.

 

Para isso, primeiro toque na célula vizinha, até aparecer um balão.

 

Em seguida, toque novamente no balão da vizinha.

Esse recurso pode ser usado em diversas situações, como por  exemplo numa visita a reclamação de cliente, onde conseguimos ver se o ponto onde estamos mesmo encontra-se obstruido, como vemos abaixo.

 

 

G-MoN Wi-Fi Scanner (‘WarDriving’) Video

A seguir, temos um interessante vídeo disponível no YouTube mostrando o G-MoN em ação.

http://www.youtube.com/watch?v=8v9IGzT3fYk

Nota: No vídeo, foi utilizado um smartphone LG Steem (MS910), mas como vimos, o G-MoN pode ser usado por uma grande variedade de marcas e dispositivos Android.

 

Conclusão

Conhecemos hoje um programa muito útil para todos os envolvidos com redes wireless: o G-MoN.

Este aplicativo gratuito para sistemas operacionais Android é capaz de atender as necessidades dos mais leigos aos mais profissionais no assunto de avaliação de redes Wi-Fi (‘WarDriving’) e/ou 2G/3G/4G (‘FieldTest’, ‘Site Survey’).

Seja numa simples verificação do nível de intensidade de um AP Wi-Fi, ou numa complexa análise em campo de uma rede LTE, o G-MoN é a ferramenta que você precisa!

Esperamos que tenham gostado. Até nosso próximo encontro!